Agora na HousePress: Validação de contatos do banco de dados de instaladores hidráulicos para a Docol
Fale conosco:
blogpress@housepress.com.br
_seu case

Conte sua história de sucesso B2B!

Se você tem um case ou alguma outra informação interessante para os profissionais de comunicação ou marketing do segmento B2B, envie para nossa avaliação pelo e-mail blogpress@housepress.com.br. Sua mensagem poderá ser publicada aqui no BlogPress!

_nosso conceito

No BlogPress! você encontra informações sobre a comunicação B2B, além de dicas sobre as boas práticas de marketing industrial. Publicamos regularmente cases de mercado, artigos sobre as tendências na propaganda, no marketing, na publicidade e na web, além da opinião de especialistas e profissionais do setor. Resumindo: trabalhamos para que o marketing de sua empresa seja cada vez mais eficiente na comunicação B2B!

_nossa equipe

A equipe BlogPress! é formada por jornalistas, designers gráficos, publicitários e web designers – todos profissionais da HousePress Propaganda. Nossa missão é disponibilizar conteúdo qualificado aos que trabalham ou simplesmente se interessam pelo marketing desenvolvido no setor industrial e pela comunicação business-to-business.

_vale a pena acessar Português

B2B Magazine
Portal que aborda temas relacionados à Tecnologia da Informação e Negócios

Blog do Francisco Marcondes
Blog de Francisco Marcondes sobre marketing, vendas industriais e gestão de processos e pessoas

Blog NEI
Blog corporativo direcionado à indústria

Blog Vendas B2B
Renato Romeo ensina em seu blog como negociar e vender no mundo empresarial

CNI - Confederação Nacional da Indústria
Entidade que tem como missão defender e representar a indústria

Ethevaldo Siqueira
Website com as análises e tendências para o setor de tecnologia

IAB Brasil
Comunidade sobre marketing e mídias sociais gerenciada pela Interactive Advertasing Bureau

Ibramerc
Portal do Instituto Brasileiro de Inteligência de Mercado

Instituto de Marketing Industrial
Instituto que tem como objetivo fomentar a cooperação entre empresas fornecedoras e clientes

Jornal Comércio, Indústria e Serviços
Veículo especializado em publicar notícias do comércio, indústria e serviços

Mundo do Marketing
Revista eletrônica especializada em informar, discutir e promover o mercado de Marketing

Portal de Branding
Portal que disponibiliza os mais variados temas, análises e opiniões relacionadas ao Branding.

Inglês

B2B International
Uma das principais consultorias especializadas na investigação do mercado business-to-business

B2B Marketing Online
No site são encontradas as práticas ideais, últimas notícias, pesquisas e cases de sucesso do setor de Marketing

B2B Voices
Blog que reúne profissionais especializados em Marketing, Relações Públicas e Mídias Sociais de importantes empresas do mercado B2B

The B2B Lead
Ferramenta apresenta conselhos de grande utilidade para profissionais de Marketing.

Espanhol

Marketing Directo
Portal de Marketing Direto e Publicidade especializado em divulgar notícias do setor

Puro Marketing
Portal com notícias, fóruns e publicações sobre os mais diversificados conceitos de Marketing

Revista Organiza
Revista eletrônica que reúne notícias, eventos e opiniões de especialistas de Marketing

_indique para um amigo
_7/4/2016 17:01:41

ERP ou CRM: qual software devo usar?

Bruno Scaravelli, Gerente de Marketing, Geração de Demanda e Inteligência de Mercado da Mega Sistema

 
 
 
 
Apesar de bastante utilizadas no mundo corporativo, estas duas siglas – ERP e CRM – ainda confundem muitos empresários brasileiros, em especial aqueles que ainda não são familiarizados com o universo da tecnologia da informação.  Mais do que uma tendência, a área tem se consolidado como um diferencial para quem busca mais competitividade para os negócios.
 
Por isso, entender a diferença entre estes dois tipos de software antes da implantação é fundamental para garantir o sucesso dos resultados na organização. O Gerente de Marketing, Geração de Demanda e Inteligência de Mercado da Mega Sistemas, Bruno Scaravelli, ajuda a esclarecer as principais características de cada um.
 
Mas, antes disso, vale lembrar que ERP significa Enterprise Resource Planning (também conhecido por sistema de gestão empresarial, em português), enquanto CRM é a abreviação de Customer Relationship Management (em português, gestão do relacionamento com o cliente).

Continue lendo

Marcador(es): EntrevistaTendências

Twitter
_17/9/2015 16:38:36

Tempos de crise pedem comunicação interna eficiente

Trabalho com colaboradores ajuda a consolidar reputação da marca

 
 
 
Em tempos de crise, a comunicação é um investimento essencial para as empresas que buscam construir uma boa reputação. Apesar de muitos entenderem que este é um trabalho eminentemente externo, um dos caminhos mais relevantes para conquistar esse objetivo é trabalhar corretamente a comunicação com o público interno. 
 
Para Denise Revelk Cecatto, profissional de Relações Públicas com sólida experiência no planejamento e implementação de estratégias de comunicação e relacionamento institucional em organizações de diversos setores, a comunicação corporativa é essencial para qualquer empresa. Nesta entrevista, ela indica como este trabalho pode ou deve ser feito.
 
BlogPress!: Qual o papel da comunicação interna no atual cenário? 
Denise Revelk Cecatto: A comunicação interna contribui muito no aspecto do engajamento, se feita corretamente. Eu vejo que as empresas estão se empenhando mais para melhorar esse processo nesta época de instabilidade econômica. Esta dedicação ainda é incipiente, mas está melhorando bastante. 
 
BlogPress!: Em tempos de incertezas econômicas como o que estamos vivendo hoje no Brasil, trabalhar apenas com a comunicação interna é um bom caminho? 
Cecatto: Comunicação interna sem dúvida é um bom caminho. Ela é quem sustenta o posicionamento externo. Qualquer empresa, organização ou marca que queira trabalhar sua reputação precisa começar partindo de seu público interno, mas este tempo de crise também demanda outros tipos de ações. 
 
BlogPress!: Como você definiria uma comunicação interna estratégica? 
Cecatto: A comunicação interna estratégica é um sistema que envolve, que da voz ao colaborador e que dialoga com ele. Um bom sistema de comunicação interna deve ser capaz de oferecer esses mecanismos para promover a interação entre as pessoas que têm o mesmo objetivo dentro de uma organização.
 
BlogPress!: Quais são as ferramentas adequadas para construir a boa reputação de uma empresa? 
Cecatto: Tudo começa por uma comunicação interna estratégica que envolva liderança. A comunicação interna não deve ser feita por um único departamento; ela tem que acontecer por toda a organização, envolvendo principalmente os líderes, que carregam a credibilidade. O funcionário pode receber informações de diversas maneiras e por diferentes canais, mas ele vai acreditar muito no que o líder está dizendo. É prioritário trabalhar a comunicação interna via liderança. 
 
BlogPress!: Existem outros canais que possibilitam esse diálogo? 
Cecatto: Sim, existem os encontros presenciais, face a face, que colocam a liderança da empresa em contato direto com o funcionário, sendo transparente na medida do possível e do necessário. Se a empresa tem um jornal interno, mural eletrônico, TV corporativa ou newsletter, esses recursos devem servir para antecipar a informação e criar contexto para que o funcionário se sinta parte do universo corporativo. Deve-se também evitar o hábito de comunicar somente notícias ou eventos que já aconteceram. 

Marcador(es): Entrevista

Twitter
_13/1/2015 11:40:08

Prosumerody, o poder do consumidor crítico

Fabio Passerini

Proprietário da agência Ótima Solução em Marketing e especialista em ações de relacionamento, Fabio Passerini está envolvido em diversos projetos de empresas de destaque em seus mercados. Recentemente, ele publicou um e-book (que pode ser conferido acessando aqui) sobre um novo fenômeno da web, o prosumerody.

A denominação é uma junção das palavras em inglês producer (produtor), consumer (consumidor) e parody (paródia), e se refere à ação de um cliente que comprou um produto ou serviço e produziu algum tipo de conteúdo para a internet (texto, vídeo ou outros) parodiando a empresa ou o artigo comprado. As motivações podem ser as mais diversas, desde o simples entretenimento até reclamações com alto poder de desgaste para a marca.

Na entrevista abaixo, Fabio explica ao BlogPress! um pouco mais sobre o tema:

Continue lendo

Marcador(es): Entrevista

Twitter
_11/3/2014 10:45:58

O Papel na Era Digital

Carlos Alberto Farinha e Silva

O mundo vive em uma era digital na qual a utilização do papel tem sido muito questionada. Pessimistas afirmam que um dia ele irá acabar e tudo será feito via computador, inclusive a leitura de livros e jornais. Mas para Carlos Alberto Farinha e Silva, Vice-Presidente da Pöyry Tecnologia, isso não deve acontecer. O papel continuará sendo o material-base utilizado diariamente na vida das pessoas. Mas para isso, a indústria papeleira terá que se adaptar aos novos hábitos de consumo desse público digital. Em entrevista publicada na REVISTA REFERÊNCIA CELULOSE & PAPEL, o angolano, que é engenheiro químico pelo Instituto Superior Técnico da Universidade de Lisboa (Portugal), apresenta informações interessantes sobre esse mercado. Confira!

 

RCP: Qual o principal conceito que acredita que seja imprescindível à indústria de papel diante do fato de a sociedade estar cada vez mais digital?

Carlos Alberto: A tecnologia digital afeta, sobretudo e de forma muito relevante, o setor de papéis para comunicação gráfica, isto é, os papéis de imprimir e escrever e o papel para imprensa (jornais e revistas). Embora nos países em desenvolvimento o consumo de papéis gráficos continue crescendo, no mundo desenvolvido – ou seja, nos mercados maduros – em média e para todas as qualidades, o consumo é decrescente há vários anos. As causas desse fenômeno não envolvem apenas a leitura de textos em meio digital, mas também a diminuição da receita proveniente do setor de marketing, além da própria evolução da tecnologia gráfica – como a diminuição da gramatura dos papéis – o que afeta diretamente a tonelagem consumida.

O principal conceito que a indústria de celulose e papel deve aceitar é que essa tendência é irreversível. Nos países em desenvolvimento, a informatização da sociedade acontece com maior velocidade do que no passado, à medida que novas gerações nascem e crescem em contato com e utilizando as novas tecnologias. Acredito que o consumo de papéis gráficos atingirá um patamar menor, mas mais estável em nichos como os livros de edição sofisticada e revistas temáticas de alto padrão. As embalagens, por outro lado, têm-se beneficiado na era digital. Por exemplo, as compras pela internet apresentam um crescimento acelerado, demandando mais embalagens para envio dos produtos ao seu destino.

Continue lendo

Marcador(es): Entrevista

Twitter
_10/6/2013 17:37:58

Marketing digital passou de estratégia para algo crucial

70% dos entrevistados acreditam que o marketing corporativo passará por uma reformulação

O crescimento exponencial do uso da internet associado à adoção progressiva dos dispositivos móveis estão formando um novo tipo de consumidor – agora mais antenado e muito bem informado.  Visto como um dos efeitos da era digital (que também é “hipersocial”), esses cenários tem deixado os departamentos de marketing  das empresas de cabelo em pé. Uma pesquisa feita pela consultoria Accenture com 405 diretores de marketing, em dez países, revelou que 70% deles acreditam que o marketing corporativo passará por uma reformulação drástica nos próximos cinco anos. A culpa estaria nos efeitos da era digital, como conta o diretor da Accenture para a América Latinha, José Gonçalves.

Por que essa preocupação?

O que ocorre é que está havendo um aumento da verificação da importância do marketing digital nas companhias. Antes, essa área exigia de 5% a 10% do orçamento do departamento. Hoje, há empresa que investem 25%.  Isso está claro no e-commerce. Não era possível vender moda no Brasil. E hoje? (segundo a consultoria e-bit, é uma das categorias que mais cresce). O futuro está aqui.

Quando falamos de marketing digital, falamos de redes sociais?

É bem mais abrangente que isso. São redes sociais, site para consumidor, portal interno para o colaborador... Falo também de endomarketing.  

A pesquisa diz que falta estratégias claras para as mídias digitais.

A preocupação é geral. Isso porque quem está conduzindo essa relação é o consumidor. A estratégia tem que ser incrivelmente abrangente.  O digital deixou de ser estratégia para ser crucial. Além disso, o conceito de omni-channel, que é estar presente em todos os canais com coerência, precisa ser posto em prática.

Fonte O Estado de S. Paulo - 10 de junho de 2013.

Marcador(es): ComunicaçãoEntrevistaTendências

Twitter
_6/2/2013 15:33:36

Mobile é a nova fronteira do Google

Empresa aposta que nova onda de acesso à internet será por dispositivos móveis

 

Em 2013, será a primeira vez que as buscas do Google vindas de dispositivos móveis ultrapassarão as feitas via desktop. E o gigante de buscas já iniciou sua empreitada para que anunciantes e agências entendam o potencial do segmento. No Brasil, onde há 27 milhões de smartphones, o mercado é visto como de enorme potencial. “O mercado mobile é global. As mesmas tendências estão acontecendo em todos os países”, afirma Peter Fernandez, diretor de mobile e social do Google para a América Latina. O executivo chegou ao País há dois anos e fala, nesta entrevista, dos rumos do segmento nos principais mercados do mundo.

Buscas

“Hoje, 15% das buscas de Google Brasil são em mobile. Mas globalmente esse índice é bem maior. Neste ano, no mundo todo, pela primeira vez o Google terá mais pesquisas vindas de dispositivos móveis que de desktops. Há seis meses, tivemos o primeiro país a ter mais de 50% das pesquisas vindas de mobile, o Japão. O iPhone foi lançado em 2007. Há cinco anos e meio, quando você saía da sua casa para ir visitar um amigo, você tinha que ir para google.maps.com e imprimir o trajeto. Ninguém imagina esse comportamento hoje e tal realidade é como um passado distante. E isso foi há cinco anos! Tão pouco tempo depois, o Google terá mais pesquisas vindas de celular do que de computador.”

Continue lendo

Marcador(es): EntrevistaOpinião

Twitter
_22/8/2012 10:28:54

Firefox OS chegará primeiro ao Brasil

Prometendo ser mais barato, novo OS desenvolvido pela Mozila quer popularizar os smartphones

A Mozila Fundation, organização sem fins lucrativos que é a criadora e principal disseminadora do browser Mozila Firefox, anunciou a criação de um sistema operacional para celulares batizado de Firefox OS. O novo software deverá competir diretamente com o iOS, sistema operacional da Apple, e com o Android, da Google.

A Mozila afirma que o Firefox OS deverá estar disponível no primeiro semestre de 2013. Em parceria com o grupo espanhol Telefónica, a organização decidiu que o Brasil será o primeiro País a receber este novo sistema. Será a empresa espanhola que definirá quais fabricantes poderão utilizar o novo produto.

Continue lendo

Marcador(es): ComunicaçãoEntrevistaMídia

Twitter
_14/8/2012 15:18:06

Globo trata TV móvel como aliada

Para evitar fragmentação de sua audiência, rede inibe o hábito do vídeo sob demanda

 

Incentivar o uso da TV móvel, item que, segundo projeções da Anatel, estará nas mãos de 100 milhões de brasileiros até a Copa de 2014, é ponto primordial para a política interna da TV Globo no momento. Enquanto difunde o uso da TV ao vivo via celular ou tablet, a emissora procura inibir o hábito da TV sob demanda e da TV que é gravada para ser vista depois.

Os planos para a TV móvel, assim como as contas que justificam o reinado da TV aberta nessa era em que internet e TV paga crescem como nunca no Brasil, foram assuntos abordados pelo diretor-geral da TV Globo, Octávio Florisbal, em entrevista exclusiva ao Estado na sexta-feira, na sede da emissora em São Paulo.

Continue lendo

Marcador(es): Entrevista

Twitter
_17/5/2011 13:47:12

Como os conceitos e valores das empresas podem estar presentes nas mídias sociais?

Ricardo de Paula

Ricardo de Paula, administrador de empresas e consultor de estratégias em comunicação digital, fundou o blog Mídias Sociais em 2009, com o objetivo de divulgar cases e aplicações empresariais, artigos, novidades e inovações que envolvessem as novas mídias. Segundo ele, fornecer conteúdo interessante e relevante nas mídias sociais pode ajudar a converter as oportunidades em vendas para as empresas. Confira abaixo a entrevista:

Blog Press:
 Qual o impacto que as mídias sociais estão causando nas empresas?
Ricardo de Paula: Os clientes agora são parte ativa no processo de consolidação de uma marca. Tempos atrás, para se posicionar no mercado, bastava criar um bom produto e divulgá-lo largamente através dos meios de comunicação de massa. Hoje, vivemos em um cenário onde todos estão conectados e a informação circula em tempo real com o auxílio das mídias digitais. Por esse motivo, a necessidade de falar com uma audiência específica tornou-se presente e estratégica.

BP: Como as empresas podem se adaptar às novas mídias?
RP: A estratégia de comunicação das empresas está sofrendo mudanças e, hoje, uma integração sem as novas mídias seria impossível, pois a era da comunicação unilateral teve o seu fim decretado. As mídias sociais são uma poderosa ferramenta para construção de um relacionamento mais próximo com o cliente, mas, ao mesmo tempo, também podem apresentar riscos à reputação das empresas. Cada negócio exige uma estratégia diferente e, hoje, o grande desafio é saber usar de forma inteligente essas novas tecnologias.
No caso de uma empresa B2B, as mídias sociais podem trazer benefícios, pois o comprador procura comprar não de um logotipo, mas sim de uma pessoa de sua confiança. As mídias sociais podem contribuir para dar um rosto, um nome, uma personalidade para uma empresa e torná-la mais humana.

Clique aqui e continue lendo a entrevista

_Fonte: Redação BlogPress!

Marcador(es): Entrevista

Twitter
_5/11/2010 11:53:18

Passo a passo para um bom e-mail marketing - Parte 2

Rodrigo de Almeida

Não basta atrair novos cadastros para o banco de dados, é preciso que os leitores do e-mail marketing valorizem o conteúdo produzido e sejam fieis à leitura. Rodrigo de Almeida, Diretor Comercial da Dinamize, ensina como manter uma boa relação com os seus contatos.

Blog Press: O que deve conter um e-mail marketing?
Rodrigo de Almeida: Os primeiros 35 caracteres do e-mail marketing são os mais importantes, pois podem aparecer como resumo na caixa de entrada de várias plataformas de e-mail e no modo de visualização ‘Painel de Leitura’, utilizada pela maioria dos profissionais. Neste texto introdutório é preciso dizer a que veio, passando a ideia central da peça. Este número de caracteres pode ser ultrapassado, mas é preciso ser direto e objetivo.

BP: Qual deve ser o tamanho das imagens colocadas em um e-mail marketing?
RA: Não precisam ser muito grandes e o mais indicado é não colocar o logo da empresa em destaque, pois o leitor sabe quem enviou o material. Assim, não perca a oportunidade de dizer a que veio. É muito importante que o conteúdo seja eficiente por si só, já que 74% dos e-mails vêm com imagens bloqueadas, e a grande maioria é lido sem o desbloqueio. Deste modo, não faz sentido colocar links e conteúdos baseados em imagens se estas muito provavelmente não poderão ser visualizadas.

BP: Colocar efeitos multimídia ajuda ou atrapalha?
RA: Muitos gostam de colocar ‘efeitos pirotécnicos’ no meio do texto e isso não funciona. Mesmo utilizando os melhores programas de criação, a performance sofre dependendo da plataforma de e-mails. Algumas imagens e vídeos, além de não funcionarem em alguns programas, podem ser categorizadas como lixo eletrônico. Se precisar enviar algo mais elaborado, faça um arquivo PDF e coloque em anexo.

BP: Quanto tempo deve-se esperar para fazer o primeiro contato com os novos cadastrados?
RA: Ao receber um novo cadastro não espere mais do que cinco dias para enviar um e-mail marketing de boas vindas ao site da empresa.

Clique aqui e leia a continuação da entrevista

Marcador(es): Entrevista

Leia também:

Twitter

1 _ 2 _ 3 _ 4

_próxima