Agora na HousePress: Criação e envio de nova campanha de e-mail marketing para a Parker Hannifin
Fale conosco:
blogpress@housepress.com.br
_seu case

Conte sua história de sucesso B2B!

Se você tem um case ou alguma outra informação interessante para os profissionais de comunicação ou marketing do segmento B2B, envie para nossa avaliação pelo e-mail blogpress@housepress.com.br. Sua mensagem poderá ser publicada aqui no BlogPress!

_nosso conceito

No BlogPress! você encontra informações sobre a comunicação B2B, além de dicas sobre as boas práticas de marketing industrial. Publicamos regularmente cases de mercado, artigos sobre as tendências na propaganda, no marketing, na publicidade e na web, além da opinião de especialistas e profissionais do setor. Resumindo: trabalhamos para que o marketing de sua empresa seja cada vez mais eficiente na comunicação B2B!

_nossa equipe

A equipe BlogPress! é formada por jornalistas, designers gráficos, publicitários e web designers – todos profissionais da HousePress Propaganda. Nossa missão é disponibilizar conteúdo qualificado aos que trabalham ou simplesmente se interessam pelo marketing desenvolvido no setor industrial e pela comunicação business-to-business.

_vale a pena acessar Português

B2B Magazine
Portal que aborda temas relacionados à Tecnologia da Informação e Negócios

Blog do Francisco Marcondes
Blog de Francisco Marcondes sobre marketing, vendas industriais e gestão de processos e pessoas

Blog NEI
Blog corporativo direcionado à indústria

Blog Vendas B2B
Renato Romeo ensina em seu blog como negociar e vender no mundo empresarial

CNI - Confederação Nacional da Indústria
Entidade que tem como missão defender e representar a indústria

Ethevaldo Siqueira
Website com as análises e tendências para o setor de tecnologia

IAB Brasil
Comunidade sobre marketing e mídias sociais gerenciada pela Interactive Advertasing Bureau

Ibramerc
Portal do Instituto Brasileiro de Inteligência de Mercado

Instituto de Marketing Industrial
Instituto que tem como objetivo fomentar a cooperação entre empresas fornecedoras e clientes

Jornal Comércio, Indústria e Serviços
Veículo especializado em publicar notícias do comércio, indústria e serviços

Mundo do Marketing
Revista eletrônica especializada em informar, discutir e promover o mercado de Marketing

Portal de Branding
Portal que disponibiliza os mais variados temas, análises e opiniões relacionadas ao Branding.

Inglês

B2B International
Uma das principais consultorias especializadas na investigação do mercado business-to-business

B2B Marketing Online
No site são encontradas as práticas ideais, últimas notícias, pesquisas e cases de sucesso do setor de Marketing

B2B Voices
Blog que reúne profissionais especializados em Marketing, Relações Públicas e Mídias Sociais de importantes empresas do mercado B2B

The B2B Lead
Ferramenta apresenta conselhos de grande utilidade para profissionais de Marketing.

Espanhol

Marketing Directo
Portal de Marketing Direto e Publicidade especializado em divulgar notícias do setor

Puro Marketing
Portal com notícias, fóruns e publicações sobre os mais diversificados conceitos de Marketing

Revista Organiza
Revista eletrônica que reúne notícias, eventos e opiniões de especialistas de Marketing

_indique para um amigo
_28/5/2013 15:59:57

O que é melhor: aumentar investimento em mídia ou criar sua própria mídia?

Por Décio Colasanti

Eis aqui dois exemplos de soluções bem-sucedidas de propaganda e comunicação com o mercado que, apesar de terem acontecido no ambiente B2C, são experiências que podem muito bem ser repetidas no mercado B2B com igual vantagem. Uma reportagem publicada esta semana no caderno Mídia&Mkt do Estadão revela como três líderes em seus mercados (um banco, uma fabricante de produtos de consumo e uma operadora de TV por assinatura) empregaram a mesma estratégia, ou seja, ampliaram seus investimentos em mídia (TV, jornal, revista e internet) e obtiveram excelentes resultados com a imediata expansão de seus negócios. O mais interessante é que tanto a reportagem quanto a pesquisa apresentada nela (o levantamento Agências & Anunciantes, do Ibope Monitor) comprovam que é possível fazer uma relação direta entre o investimento em marketing e o desempenho financeiro das companhias.

Continue lendo

Marcador(es): Opinião

Twitter
_22/5/2013 11:34:08

Consequências para empresas brasileiras que investem no marketing digital B2B

Por Géssica Hellmann

A competitividade de uma marca, empresa ou oferta no segmento B2B assume a forma de um composto de fatores bastante complexos, na medida em que os processos de compra empresariais seguem um elevado nível de formalização e a busca permanente de maior racionalidade na tomada de decisões. Desta forma, o marketing B2B exige a utilização crescente de técnicas cada vez mais eficientes de contato, relacionamento, distribuição e coleta de informações junto a clientes potenciais e atuais. A vantagem tenderá a estar ao lado das empresas que contarem com profissionais capazes de disponibilizar a informação certa, para a pessoa certa no momento oportuno.

Sobre essa questão do “momento oportuno”, precisamos realçar o conceito do “lead nurturing”, isto é, a estratégia de adquirir credibilidade e respeito muito antes da formalização de um processo de compra, através do provimento contínuo de informações úteis.

Enquanto muitas empresas B2B nacionais continuam apostando apenas na “pescaria” do cliente individual através de visitas de vendedores e campanhas orientadas para a venda imediata, observa-se que uma importante tendência entre os profissionais de marketing B2B dos EUA é fazer da conquista pela preferência um processo contínuo.

Em minha avaliação, as empresas brasileiras fariam bem em começar a avaliar mais atentamente o valor de suas estratégias de captação e manutenção de clientes no contexto do retrato do marketing “ideal” traçado por esta pesquisa.

Fonte Géssica Hellmann & Cia

Marcador(es): OpiniãoTendências

Twitter
_16/4/2013 16:13:49

A tendência do ERP Social

A solução é baseada em uma estrutura de integração que incorpora computação social, móvel e em nuvem

Durante sua visita ao Brasil em janeiro deste ano, o presidente da Infor, empresa que oferece soluções de software de gestão de relacionamentos, Stephan Scholl, anunciou a evolução do ERP tradicional para o ERP Social como resposta às mídias sociais. Essa tendência, explica o executivo, torna as empresas colaborativas, compartilhadas e conectadas, com os programas e as camadas de negócios integrados e alinhados.

Na Infor, a tecnologia que possibilita a evolução do ERP tradicional para o Social é o middleware de integração Inteligent Open Network (ION). Adotado por 900 empresas em 59 países, a solução é a mais comercializada e que mais cresce na companhia no momento, indicando a tendência do ERP Social. A solução é baseada em uma estrutura de integração que incorpora computação social, móvel e em nuvem; e conecta diferentes áreas e processos de negócios nas empresas.

O ION usa um sistema de mensagens baseado em XML para permitir a comunicação entre as aplicações. Todas as transações são armazenadas no Business Vault, um repositório que mantém os dados consistentes e permite que os usuários criem relatórios e análises. Ele é usado principalmente para integrar aplicações da Infor com outras aplicações da própria companhia ou de outros fabricantes.

Continue lendo

Marcador(es): OpiniãoTendências

Twitter
_6/3/2013 12:30:31

E-mail marketing como ferramenta de comunicação B2B

Por Priscila Falchi

 

Nos dias de hoje o grande desafio das empresas é obter mais lucratividade e com menos custos. Os investimentos em Marketing tendem a diminuir a cada ano na proporção em que aumenta a exigência por melhores resultados.

A área de marketing ocupa papel de destaque nesta balança, no desenvolvimento de estratégias de comunicação assertivas com menos investimentos e que viabilizem a geração de novas oportunidades. Nas relações de business to business o e-mail marketing pode ser uma ótima ferramenta de Marketing Direto, utilizada para gerar leads, divulgar produtos e serviços, reforçar a marca, melhorar o relacionamento com novos clientes e estreitar a comunicação com o público alvo.

O grande desafio é fazer com que os seus e-mails sejam abertos e lidos pelo seu público-alvo. Embora pareça uma ação simples, a elaboração de uma campanha de e-mail marketing requer atenção e alguns cuidados fundamentais para que as suas mensagens não sejam confundidas com SPAMS. Quando falamos especificamente das empresas de serviços B2B, a relação entre o mercado e a companhia está diretamente ligada à figura do consultor de vendas ou gerente de contas.

Dessa forma, um dos cuidados é a utilização do endereço de remetente do próprio contato de vendas. Isso aumenta a credibilidade da mensagem e gera um link maior com a empresa proporcionando melhores resultados do que enviar uma mensagem genérica por um endereço de e-mail corporativo. A probabilidade de se abrir um e-mail de uma pessoa conhecida é muito maior do que e-mails de empresas.

Continue lendo

Marcador(es): Opinião

Twitter
_6/2/2013 15:33:36

Mobile é a nova fronteira do Google

Empresa aposta que nova onda de acesso à internet será por dispositivos móveis

 

Em 2013, será a primeira vez que as buscas do Google vindas de dispositivos móveis ultrapassarão as feitas via desktop. E o gigante de buscas já iniciou sua empreitada para que anunciantes e agências entendam o potencial do segmento. No Brasil, onde há 27 milhões de smartphones, o mercado é visto como de enorme potencial. “O mercado mobile é global. As mesmas tendências estão acontecendo em todos os países”, afirma Peter Fernandez, diretor de mobile e social do Google para a América Latina. O executivo chegou ao País há dois anos e fala, nesta entrevista, dos rumos do segmento nos principais mercados do mundo.

Buscas

“Hoje, 15% das buscas de Google Brasil são em mobile. Mas globalmente esse índice é bem maior. Neste ano, no mundo todo, pela primeira vez o Google terá mais pesquisas vindas de dispositivos móveis que de desktops. Há seis meses, tivemos o primeiro país a ter mais de 50% das pesquisas vindas de mobile, o Japão. O iPhone foi lançado em 2007. Há cinco anos e meio, quando você saía da sua casa para ir visitar um amigo, você tinha que ir para google.maps.com e imprimir o trajeto. Ninguém imagina esse comportamento hoje e tal realidade é como um passado distante. E isso foi há cinco anos! Tão pouco tempo depois, o Google terá mais pesquisas vindas de celular do que de computador.”

Continue lendo

Marcador(es): EntrevistaOpinião

Twitter
_5/2/2013 15:24:22

Release pronto para uso

Por Carla Algeri

O release, uma ferramenta das relações públicas e da assessoria de imprensa, tem como objetivo inicial apresentar a opinião da empresa, instituição ou personalidade sobre determinado assunto, apresentar um novo produto, anunciar um evento, divulgar uma inovação implementada pela instituição, prêmio recebido, entre outros que transmitam uma imagem favorável do assessorado.

Porém, no Brasil, muito mais que um aviso ou sugestão, é tratado pela redação dos jornais como uma matéria completa, pronta para ser publicada, inclusive acompanhada pelas fotos enviadas pela assessoria. Em vários casos, os releases são transformados em notas, sem a preocupação do jornalista em checar os dados ou complementar as informações com outras fontes.

Em redações de menor porte, como em cidades do interior, é prática comum publicar-se releases das mais diversas origens, da prefeitura a governos e órgãos de abrangência estadual, sem os quais os jornais não dariam conta de preencher todo o espaço disponível em suas páginas. Não é raro o release ser publicado em contrapartida a um anúncio publicitário.

Continue lendo

Marcador(es): Opinião

Twitter
_4/2/2013 13:05:22

Marketing Digital: o que você não pode deixar de fazer em 2013

organizações precisam entender melhor seus consumidores e criarem conteúdo personalizado

As empresas que investem em Marketing no ambiente digital devem passar por um momento de autoavaliação em 2013. A preocupação com os diversos tipos de plataformas vem acompanhada de um novo olhar sobre a forma como as ações são implementadas. Os meios são relevantes, mas a mensagem e o tipo de audiência serão analisados com maior critério.

A percepção sobre a maneira como as empresas estão se comunicando no mundo virtual parte do pressuposto de que todas já investem no básico. Porém, é necessário muito mais do que isso para se destacar. Após uma corrida para ocupar espaço nos canais digitais, as marcas devem focar mais no planejamento estratégico no decorrer deste ano. Outra questão é a qualidade e o engajamento da audiência conquistada. As empresas começam a perceber que a quantidade de fãs e seguidores não necessariamente contribui com o negócio ou com a marca. 

O Facebook deve ter um aumento dos investimentos em publicidade display no modelo de compra de mídia em tempo real e ainda não deve ser ameaçado pelo Google Plus. Os anunciantes também irão utilizar mais vídeos em suas ações e a chegada do 4G ao mercado deve ser um facilitador desse processo. Assuntos como big data, realidade aumentada e cloud computing estão na pauta das discussões há tempos e devem aumentar sua abrangência no mercado nos próximos anos. Mas chegou o momento de as corporações adquirirem uma posição mais prática quando os temas são mobilidade e e-commerce.

Veja artigo completo.

Por Ana Paula Rinz para o Mundo do Marketing

Marcador(es): ComunicaçãoMídiaOpinião

Twitter
_17/1/2013 12:50:08

O que esperar das mídias sociais em 2013?

Por Acácia Lima

O ano acabou de começar e o que não faltam são previsões sobre como as mídias sociais, especialmente o Facebook e o Twitter, impactarão a vida das empresas em 2013. Fenômeno na internet e nos smartphones há poucos anos, as redes sociais ainda provocam enorme curiosidade sobre seu funcionamento, alcance e futuro, sem mencionar o tabu que ainda representam para alguns.

Dada a velocidade com que as mudanças ocorrem no meio digital e a inquieta demanda por novidades, é quase impossível prever que destino terá o Facebook ou qualquer outra rede social. Neste artigo, creio que o mais importante não seja saber exatamente o futuro desta ou daquela plataforma, mas sim entender que vivemos tempos de sociedade em rede. Nada mais está desconectado, distante ou indiferente.

Teorias sobre marketing e comunicação não são mais verdades absolutas. Engessadas, essas concepções levam muito tempo para serem implementadas e, quando são, muitas vezes já estão obsoletas. Vivemos a era da prática e das relações dinâmicas. Sai muito na frente quem hoje é mais rápido na condução de estratégias e consegue mudar a direção sem entraves, e, neste quesito, as micro e pequenas empresas têm uma boa vantagem sobre as grandes por terem mais agilidade nos eventuais ajustes de rota.

Continue lendo

Marcador(es): Opinião

Twitter
_11/1/2013 13:56:16

Os três erros mais comuns nas Campanhas de Incentivo

Por Fábio Passerini

Campanhas de incentivo são ótimas ferramentas de motivação e aumento de resultado de colaboradores e equipes, mas podem estar sujeitas a erros que comprometem sua aplicação e os resultados esperados.

Entre os erros cometidos pelos gestores e empresas, os três mais comuns são os seguintes:

Metas irreaisDefinir metas impossíveis de serem alcançadas, ou que independam do esforço e trabalho dos colaboradores, é muito comum e certamente é um dos maiores erros que as empresas cometem. Pode ser por desconhecimento dos números efetivos da empresa, das possibilidades reais do mercado ou ainda por quererem forçar um desempenho extraordinário dos seus colaboradores. Por qualquer razão, o resultado será ruim e a credibilidade da empresa será prejudicada.

Continue lendo

Marcador(es): Opinião

Twitter
_14/11/2012 14:03:25

Marketing exige integração entre as áreas da empresa

Camilla Wallander fala em inovar em processos internos para melhorar a experiência dos consumidores

O departamento de Marketing não pode mais trabalhar de maneira isolada do restante da empresa. Integrar produto, atendimento, produção e outros setores é um movimento fundamental para que as marcas possam criar experiências verdadeiras com seus clientes e inovar. As empresas em geral ainda se baseiam em um modelo tradicional para se relacionar com seus públicos. Mas esta fórmula consagrada pelas grandes corporações industriais dará cada vez mais lugar a estratégias diferenciadas criadas por empresas mais jovens.

A maneira usual de pensar o Marketing separa a equipe de produto, a equipe de pesquisa, a parte de estratégia em vendas e o atendimento ao cliente. A nova maneira de pensar o Marketing se baseia na interação constante entre todas as partes. Outro ponto é que as marcas precisam cumprir aquilo que comunicam. “Nestas empresas, desenvolvimento de produtos, comunicação e Marketing são departamentos que andam juntos. Estes jovens pensam os seus negócios de maneira diferente: eles estão alterando os produtos para criar maior valor e depois partindo para as estratégias diferenciadas. As antigas companhias industriais não serão mais o modelo a ser seguido”, afirma Camilla Wallander, CEO de uma das mais importantes escolas de comunicação do mundo, a Berghs School of Communication, em entrevista ao Mundo do Marketing.

Continue lendo

Marcador(es): ComunicaçãoOpinião

Twitter
_anterior

1 _ 2 _ 3 _ 4 _ 5 _

_próxima