Agora na HousePress: Acompanhamento técnico da impressão do Parker News, publicação trimestral da Parker Hannifin
Fale conosco:
blogpress@housepress.com.br
_seu case

Conte sua história de sucesso B2B!

Se você tem um case ou alguma outra informação interessante para os profissionais de comunicação ou marketing do segmento B2B, envie para nossa avaliação pelo e-mail blogpress@housepress.com.br. Sua mensagem poderá ser publicada aqui no BlogPress!

_nosso conceito

No BlogPress! você encontra informações sobre a comunicação B2B, além de dicas sobre as boas práticas de marketing industrial. Publicamos regularmente cases de mercado, artigos sobre as tendências na propaganda, no marketing, na publicidade e na web, além da opinião de especialistas e profissionais do setor. Resumindo: trabalhamos para que o marketing de sua empresa seja cada vez mais eficiente na comunicação B2B!

_nossa equipe

A equipe BlogPress! é formada por jornalistas, designers gráficos, publicitários e web designers – todos profissionais da HousePress Propaganda. Nossa missão é disponibilizar conteúdo qualificado aos que trabalham ou simplesmente se interessam pelo marketing desenvolvido no setor industrial e pela comunicação business-to-business.

_vale a pena acessar Português

B2B Magazine
Portal que aborda temas relacionados à Tecnologia da Informação e Negócios

Blog do Francisco Marcondes
Blog de Francisco Marcondes sobre marketing, vendas industriais e gestão de processos e pessoas

Blog NEI
Blog corporativo direcionado à indústria

Blog Vendas B2B
Renato Romeo ensina em seu blog como negociar e vender no mundo empresarial

CNI - Confederação Nacional da Indústria
Entidade que tem como missão defender e representar a indústria

Ethevaldo Siqueira
Website com as análises e tendências para o setor de tecnologia

IAB Brasil
Comunidade sobre marketing e mídias sociais gerenciada pela Interactive Advertasing Bureau

Ibramerc
Portal do Instituto Brasileiro de Inteligência de Mercado

Instituto de Marketing Industrial
Instituto que tem como objetivo fomentar a cooperação entre empresas fornecedoras e clientes

Jornal Comércio, Indústria e Serviços
Veículo especializado em publicar notícias do comércio, indústria e serviços

Mundo do Marketing
Revista eletrônica especializada em informar, discutir e promover o mercado de Marketing

Portal de Branding
Portal que disponibiliza os mais variados temas, análises e opiniões relacionadas ao Branding.

Inglês

B2B International
Uma das principais consultorias especializadas na investigação do mercado business-to-business

B2B Marketing Online
No site são encontradas as práticas ideais, últimas notícias, pesquisas e cases de sucesso do setor de Marketing

B2B Voices
Blog que reúne profissionais especializados em Marketing, Relações Públicas e Mídias Sociais de importantes empresas do mercado B2B

The B2B Lead
Ferramenta apresenta conselhos de grande utilidade para profissionais de Marketing.

Espanhol

Marketing Directo
Portal de Marketing Direto e Publicidade especializado em divulgar notícias do setor

Puro Marketing
Portal com notícias, fóruns e publicações sobre os mais diversificados conceitos de Marketing

Revista Organiza
Revista eletrônica que reúne notícias, eventos e opiniões de especialistas de Marketing

_indique para um amigo
_23/10/2014 12:20:20

Sete lições que o marketing de conteúdo pode aprender com o marketing direto

Por Tom Carpenter, diretor de Marketing da Brandpoint

Com todo o rebuliço em torno do marketing de conteúdo hoje em dia, você até poderia pensar que essa prática representa uma nova descoberta para atrair o cliente, estabelecer competência, tornar-se confiável e colocar seus produtos ou serviços no topo das prioridades do consumidor de conteúdo.

Marketing de conteúdo não é novidade, mas ele funciona e sempre funcionou!

O que ainda é novo e empolgante sobre esse tipo de marketing, e o que tem feito a prática crescer exponencialmente tanto no B2C (business-to-consumer) quanto no B2B (business-to-business), é o uso constante da evolução dos meios digitais para se promover e distribuir esse conteúdo.

A explosão do uso de conteúdo como uma técnica de marketing viável para quase qualquer empresa, de qualquer tamanho, está diretamente ligada ao crescimento da internet, dos meios digitais e em particular dos blogs e mídias sociais.

Então como é que o marketing de conteúdo acontecia nos "velhos tempos", afinal?

O marketing de conteúdo encontra diversas raízes no marketing direto, em especial nos correios. Sim, lá atrás, quando a internet não era ainda um conceito, nós usávamos o bom e velho serviço postal para distribuir conteúdo. Anúncios impressos, rádio, exposições e até mesmo a televisão poderiam promover a existência de conteúdo (e/ou fornecer esse conteúdo) para os clientes em potencial.

O marketing direto, especialmente o serviço postal, era um terreno particularmente fértil para a promoção do marketing de conteúdo. Vamos ver um breve exemplo, e depois conhecer sete princípios de marketing direto que ainda devem ser alimentados, informados e orientados na sua estratégia de marketing de conteúdo atual.

Veja como:

No que parece hoje ter sido uma outra vida, eu usei o conteúdo precisamente da forma como ele é utilizado hoje em dia: para dar ao público-alvo algo livre, mas de valor, que representava a informação que ele pode usar para tornar sua vida melhor ou resolver algum problema.

Uma dessas promoções foi um plano de “projeto gratuito” de reforma residencial. Conceitos de projeto podem se concentrar em reformar o seu banheiro, envolver a construção de um pátio no quintal, ou alterar os seus balcões de cozinha. Cheio de cores, passo-a-passos, workshops de fotografias, dentre outras atrações, nossas publicações de 4, 8 ou 16 páginas também passaram a apresentar ferramentas de nossos clientes em uso.

Era o clássico conteúdo de marketing. O conteúdo foi dirigido a uma necessidade de informação específica do consumidor, deu credibilidade ao nome do patrocinador e colocou a marca no topo para o consumidor de ferramentas quando ele estava em uma loja de varejo ou comprando por meio de catálogo. Minha empresa também vendeu alguns milhões de livros publicados sob medida com a íntegra deste material (a fonte para o conteúdo enviado pelo correio).

Agora, com sites, blogs, feeds de notícias e mídias sociais como Facebook, Twitter e Pinterest, além do LinkedIn em destaque na área do B2B, a distribuição de conteúdo ficou mais fácil e muitas vezes mais barata. Mas ainda há muitas lições a serem aprendidas com a herança do marketing de conteúdo para o marketing direto. Aqui estão as sete primeiras:

1– Conheça o seu público

Embora inúmeros fatores afetem o resultado de qualquer esforço de marketing direto, o sucesso sempre se resume à qualidade da sua lista e quão bem você conhece aquele prospecto. Assim como no marketing direto, o comerciante de conteúdo precisa criar um perfil detalhado desse público-alvo – uma persona –, e então criar conteúdo para aquela pessoa especial.

2 – Sintonize a sua mensagem

Quais são as necessidades da persona-alvo, necessidades e desejos e, em particular, os seus pontos fracos? Quando estiver criando o conteúdo, não pergunte "o que podemos criar desta vez", mas sim "o que minha persona alvo precisa saber agora?", e então ofereça soluções reais – informações de valor que o consumidor poderá utilizar para economizar dinheiro, resolver algum problema e tornar sua vida mais fácil ou melhor.

3 – Conheça o timing certo

Assim como qualquer campanha eficaz de marketing direto está programada para o que há de perspectiva de vida em sua época, o marketing de conteúdo segue a mesma linha. Algumas de nossas mais eficazes campanhas de distribuição de conteúdo para clientes aconteceu em períodos de volta às aulas, feriados, limpezas de primavera ou outros temas vinculados à agenda da vida da população. Não tenha medo de enfrentar os acontecimentos atuais. Mude o seu conteúdo de acordo com a temporada e o que está acontecendo na vida do seu prospect agora.

4 – Monitore os resultados

Acompanhe o seu investimento em conteúdo e faça o seu melhor para monitorar os resultados. Com o marketing de conteúdo, não é tão simples ter uma visão geral, você precisa monitorar, monitorar e monitorar. Sejam leituras, downloads, newsletters, ações sociais ou qualquer outra ação, tenha sempre um objetivo em mente antes de iniciar qualquer campanha, e para cada parte do conteúdo desenvolvido.

5 – Faça o seu teste

Profissionais de marketing direto de sucesso testam, testam e testam um pouco mais. Enquanto o marketing de conteúdo não oferece esse luxo na mesma medida, ainda podemos aprender uma lição com a abordagem. Centralize seus testes em torno de métodos de entrega de conteúdo. Por exemplo, as páginas de destino (chamamos de “hub pages” ou “landing pages”) são fáceis de construir e testar usando softwares como o Unbouncee o Eloqua. Mantenha um registro de seus testes e dos resultados para construir sua base de conhecimento.

6 – Pense sempre em nível de campanha

Profissionais de marketing direto estão sempre pensando em termos de campanhas e o que vem a seguir: como vou aproveitar essa perspectiva de um "back-end"? No marketing de conteúdo, deve-se pensar da mesma maneira: agora que eu os atraí com meu conteúdo A, como vou fazer para alimentá-los (o que vão ser os conteúdos B e C e assim por diante) ao longo do caminho para a compra?

7 – Insira sempre um “call-to-action”

Enquanto o marketing de conteúdo não necessita de uma ordem como o marketing direto, você ainda pode incentivar e até mesmo pedir ao seu cliente uma ação de retorno: visitar o seu site; compartilhar socialmente as informações com outras pessoas; baixar uma versão completa do conteúdo; seguir sua marca em uma rede social ou assinar uma newsletter. Não basta entregar o conteúdo, cada parte que você cria deve trabalhar para manter o processo rolando.

Conclusão

À medida que você desenvolve sua estratégia de marketing de conteúdo, pense em como estes sete princípios de marketing direto podem alimentar, informar e conduzir o seu planejamento e execução. Garanto que suas campanhas serão mais eficazes assim!

E você, o que acha? O marketing de conteúdo pode aprender com o marketing direto? Se sua resposta for positiva, quais lições você acha que são as mais importantes?

Tom Carpenter é diretor de marketing da Brandpoint, agência de marketing de conteúdo de liderança com foco em conteúdo estratégico, desenvolvimento e distribuição para clientes

Fonte: https://www.linkedin.com/today/post/article/20141002170059-5990742-7-lessons-content-marketing-can-learn-from-direct-marketing?trk=object-title

Marcador(es): Opinião

Twitter Leia todos os posts