Agora na HousePress: Criação e envio de nova campanha de e-mail marketing para a Parker Hannifin
Fale conosco:
blogpress@housepress.com.br
_seu case

Conte sua história de sucesso B2B!

Se você tem um case ou alguma outra informação interessante para os profissionais de comunicação ou marketing do segmento B2B, envie para nossa avaliação pelo e-mail blogpress@housepress.com.br. Sua mensagem poderá ser publicada aqui no BlogPress!

_nosso conceito

No BlogPress! você encontra informações sobre a comunicação B2B, além de dicas sobre as boas práticas de marketing industrial. Publicamos regularmente cases de mercado, artigos sobre as tendências na propaganda, no marketing, na publicidade e na web, além da opinião de especialistas e profissionais do setor. Resumindo: trabalhamos para que o marketing de sua empresa seja cada vez mais eficiente na comunicação B2B!

_nossa equipe

A equipe BlogPress! é formada por jornalistas, designers gráficos, publicitários e web designers – todos profissionais da HousePress Propaganda. Nossa missão é disponibilizar conteúdo qualificado aos que trabalham ou simplesmente se interessam pelo marketing desenvolvido no setor industrial e pela comunicação business-to-business.

_vale a pena acessar Português

B2B Magazine
Portal que aborda temas relacionados à Tecnologia da Informação e Negócios

Blog do Francisco Marcondes
Blog de Francisco Marcondes sobre marketing, vendas industriais e gestão de processos e pessoas

Blog NEI
Blog corporativo direcionado à indústria

Blog Vendas B2B
Renato Romeo ensina em seu blog como negociar e vender no mundo empresarial

CNI - Confederação Nacional da Indústria
Entidade que tem como missão defender e representar a indústria

Ethevaldo Siqueira
Website com as análises e tendências para o setor de tecnologia

IAB Brasil
Comunidade sobre marketing e mídias sociais gerenciada pela Interactive Advertasing Bureau

Ibramerc
Portal do Instituto Brasileiro de Inteligência de Mercado

Instituto de Marketing Industrial
Instituto que tem como objetivo fomentar a cooperação entre empresas fornecedoras e clientes

Jornal Comércio, Indústria e Serviços
Veículo especializado em publicar notícias do comércio, indústria e serviços

Mundo do Marketing
Revista eletrônica especializada em informar, discutir e promover o mercado de Marketing

Portal de Branding
Portal que disponibiliza os mais variados temas, análises e opiniões relacionadas ao Branding.

Inglês

B2B International
Uma das principais consultorias especializadas na investigação do mercado business-to-business

B2B Marketing Online
No site são encontradas as práticas ideais, últimas notícias, pesquisas e cases de sucesso do setor de Marketing

B2B Voices
Blog que reúne profissionais especializados em Marketing, Relações Públicas e Mídias Sociais de importantes empresas do mercado B2B

The B2B Lead
Ferramenta apresenta conselhos de grande utilidade para profissionais de Marketing.

Espanhol

Marketing Directo
Portal de Marketing Direto e Publicidade especializado em divulgar notícias do setor

Puro Marketing
Portal com notícias, fóruns e publicações sobre os mais diversificados conceitos de Marketing

Revista Organiza
Revista eletrônica que reúne notícias, eventos e opiniões de especialistas de Marketing

_indique para um amigo
_18/7/2014 12:33:04

Internet e mobilidade criam um novo Jornalismo

Por Ethevaldo Siqueira

É preciso ser muito renitente ou teimoso para negar as profundas transformações no jornalismo causadas pela tecnologia nos últimos 20 anos. As chamadas tecnologias da informação e das comunicações (TICs) mudaram de forma radical e irreversível a face do jornalismo em apenas duas décadas.

Que consequências podem essas transformações causar na vida de cada país? Muitas, com certeza. As redes sociais e as comunicações móveis revolucionaram a economia e abriram novos mercados. Criaram um novo espaço para a participação de milhões de cidadãos que não nunca haviam participado da vida política de seus países. Ajudaram a eleger e a reeleger o presidente Barack Obama, dos Estados Unidos, e a derrubar ditaduras no norte da África. Seguramente, terão também papel relevante nas próximas eleições brasileiras, no dia 5 de outubro de 2014.

O universo atual do Jornalismo brasileiro abrange três segmentos ou mídias bem distintas:

• Mídia impressa (jornais e revistas);
• Mídia eletrônica (rádio e TV);
• Mídia virtual (internet, redes sociais, portais informativos, blogs e motores de busca)

O jornalismo impresso – ou seja, o dos jornais e revistas –em franco retrocesso, não alcança hoje sequer 5 milhões de leitores. A radiodifusão (rádio e TV) cobre um público bem maior, de cerca de 70 milhões de ouvintes-telespectadores. O terceiro segmento – a mídia virtual, da internet e das redes sociais – já é o maior deles e abrange hoje 76 milhões de cidadãos brasileiros.

A mudança de paradigmas

Reflitamos nesta situação comum no Brasil de 2014. Ao ligar seu desktop, tablet ou smartphone, milhões de brasileiros podem ler o noticiário dos maiores jornais e revistas do Brasil e do mundo, ouvir rádio, ver TV, navegar nas redes sociais, resgatar shows, entrevistas, visitar centenas de blogs ou participar de debates sobre os temas mais variados.

A internet e as comunicações móveis trazem o mundo para dentro de nossas casas. Mais do que isso: milhões de cidadãos brasileiros, munidos de dispositivos móveis cada dia mais avançados, interagem hoje com amigos ou com desconhecidos, a qualquer hora e em qualquer lugar, nas redes sociais ou em ligações telefônicas gratuitas do Skype, com voz e imagem, num intercâmbio de mensagens que era impensável há pouco mais de duas décadas.

Em breve, viveremos a experiência cotidiana do "Jornalismo na Nuvem", em que acessaremos conteúdos de todos os formatos – voz, dados, imagens, textos, infográficos, videocasts – em qualquer lugar e a qualquer hora, em dispositivos móveis com tecnologia 4G. Em paralelo a esses avanços de computação em nuvem, poderemos extrair o que há de útil e de mais valioso da massa de dados e informações a que os especialistas já denominam de Big Data.

Voltem 24 anos no tempo, a 16 de julho de 1990. Naquele momento, o Brasil não tinha um único telefone celular. Internet, para a maioria dos brasileiros, não passava de um neologismo, só conhecido de acadêmicos e militares. Banda larga era expressão quase sem muito sentido para o cidadão comum.

Três mídias convergentes

O novo Jornalismo experimenta, também, a sinergia do processo de convergência. Nas telas de nossos computadores e dispositivos móveis, fundem-se as três mídias: impressa, eletrônica e virtual. Essa fusão, embora prevista ou sonhada por alguns teóricos, era quase ficção por volta de 1990. Hoje, em contrapartida, ela se torna tão completa que, em diversas situações, apaga totalmente os limites entre as mídias.

Com a internet e o processo da convergência, amplia-se de forma extraordinária o universo do Jornalismo. Nos números referentes à audiência das várias mídias, consideramos neste artigo apenas as pessoas com mais de 15 anos de idade. Essa faixa etária, segundo o IBGE, abrange 143 milhões de brasileiros, ou 71,8% da população total do País, que é de 201 milhões de habitantes.

A força da comunicação móvel

O que nos impressiona no desenvolvimento recente das telecomunicações brasileiras é o crescimento e a força da comunicação móvel no Brasil. Segundo dados de maio de 2014 da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e da Telebrasil, entidade que representa as operadoras setoriais, existem hoje no Brasil 305 milhões de dispositivos móveis – aí incluídos 275,5 milhões de celulares e smartphones.

Leia a íntegra deste artigo em http://migre.me/kvfkC

Fonte: Portal Telequest

Marcador(es): Opinião

Twitter Leia todos os posts